Opinião – A Sony tem que seguir o plano

Ando lendo algumas notícias sobre a Sony ter comentado a possibilidade de disponibilizar no PS4 por streaming os jogos que os jogadores compraram no PS3 se ela escolher assim.

Todo mundo já está pensando que se isso não acontecer é porque a Sony é feia, boba e chata. É engraçado vermos que hoje em dia, com todo mundo tendo acesso às informações do mercado, da situação financeira das empresas, números de vendas e tudo mais, ainda consigam ver decisões estratégicas com a perspectiva de uma criança de cinco anos.

Alguns pontos devem ser analisados:

Primeiro, a Sony tem um plano para o PS4. Um hardware planejado, novas funcionalidades, poder de processamento, e definitivamente a retrocompatibilidade tinha que ficar de fora disso, principalmente depois da lição aprendida (felizmente) com o PS3. Manter o preço do console dentro do aceitável é importante.

Segundo, a emulação é muito complicada para ser implementada, e o retorno que ela vai trazer não compensaria o investimento.

Terceiro, o foco deve ser mantido no console atual, e o fato de a Sony ter migrado para uma plataforma AMD vai atrair mais desenvolvedores, e possibilitar que o PS4 tenha mais títulos, além de não ter aquele problema de diferenças gráficas gritantes em jogos multiplataforma, como acontecia com alguns games disponíveis tanto para PS3 quanto Xbox 360.

Em quarto lugar, tudo tem um custo. E a Sony aprendeu isso com o PS3. Não vou dizer que não sairia caro possibilitar que os jogadores acessem gratuitamente por streaming os conteúdos pelo qual pagaram no PS3, mas também não vou dizer que é inviável. Pode parecer lógico e simples para os jogadores, mas nem sempre é assim. Isso pode envolver mais custos, mão-de-obra e burocracias do que pensamos.

O fato é que o PS4 pode até realmente ser lançado nesse ano, e acredito que a Sony vai cumprir o cronograma, mas ainda há trabalho a ser feito, coisas que podem até mesmo vir mas talvez não seja interessante ou viável para o lançamento do console. Isso também deve ser considerado.

Triste mesmo é ver uma reação tão negativa por parte de alguns veículos que se dizem especializados em games, que ao mesmo tempo em que pedem por inovação, crucificam a Sony por não poder jogar seus jogos antigos no novo console, sem ao menos considerar o que isso demandaria da empresa em relação a esforços e custos.

Um pouco mais de visão mercadológica tornaria tudo mais claro para os jogadores.

Anúncios

, , ,

  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: